Sansão, Dalila e Carlota

Por quê as onças são mortas no Brasil?
setembro 16, 2018
Yamí
setembro 16, 2018

Sansão, Dalila e Carlota

Chegaram ao criadouro em 27/07 de 2001. Foram as primeiras Panthera Onca do Nex e aprendemos demais convivendo com as três já que possuem “personalidades” completamente diferentes.

Foram criados na mamadeira porque que a mãe os rejeitou por estar com infecção uterina. Nunca tiveram qualquer referência de vida selvagem e sempre fiquei impressionada com sua agressividade , mesmo tendo sido criadas por humanos.

Entre quatro, a seis de idade já nos encurralavam por causa de algum objeto e criavam situações de perigo, demonstrando pouca afinidade com humanos.

Sansão foi mais lento e permitia aproximação, pelo menos do Rogério ( nosso gerente e tratador), até um ano  de idade. Um dia, abraçou a perna do Rogério e este sentiu que não era mais por brincadeira ,que tinha algo diferente . Rogério teve que ter muito jogo de cintura para retirar a perna e conseguir sair do recinto.A partir daí, nunca mais!

As fêmeas rejeitavam a presença humana desde cedo e eram muito bravas, como continuam até hoje. Fico me perguntando se, quando deixamos os felinos seguirem seu instinto natural, eles se submetem à convivência com humanos. Certamente que não.

Sansão, como algumas onças do criadouro, gosta de interagir procurando novidades. Na hora da alimentação dá um show e procura a carne seguindo uma trilha de cheiro que os tratadores fazem,entra no laguinho, faz drama como se estivesse caçando e o importante é que tudo isso se desenvolveu apenas com estímulos de enriquecimento ambiental, trabalho que começou a ser feito no Nex há muitos anos, intuitivamente, por mim e Rogério. Hoje, é feito de forma profissional e voluntária pelas biólogas  Dra Liane Ferez ,Lorrayne Dias Dantas e voluntárias.

Dalila é realmente uma fera. Quando fazemos enriquecimento com ela, vem aquele sentimento de posse voraz, ela fica intratável e não tem conversa. Sendo um pedaço de carne ou uma caixa de papelão, ela alucina e abre aquela bocarra maravilhosamente ameaçadora. Sem dúvida alguma,  Dalila é das fêmeas mais agressivas do nosso plantel.

Carlota é muito especial! Brava e valente como a irmã Dalila, gosta muito de brincar e interagir com desafios. Temos provas constantes disso. Um exemplo, é a reação dela quando vê as meninas do enriquecimento. Elas podem estar distantes do recinto e Carlota já vai erguendo o pescoço, manifestando seu agrado. Ela sabe tudo! Carlota é a onça mais confiante e segura que conheci.

Ela pode estar em cima da passarela mas, ouvindo minha voz, desce e se aproxima da tela. Não a acaricio e ela muito menos manifesta qualquer desejo disso mas que vem, vem e me sinto muito honrada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

DOE AQUI